Aplicación de los Indicadores Urbanos Activos en el centro histórico de la isla de Maio.

25/04/2013

 VD_img

Professor Doutor Vicente J. Díaz García – ULPGC/ Gran Canaria

data: 29/04/2013 | segunda feira| horas: 17h00
 
local: Campus do Palamarejo da UniCV – sala 115

A equipa do CIDLOT/UNICV vem por este meio convidá-lo(a) assistir à 6ª conferência no quadro da 3ª edição do Ciclo de Conferências Cidades e globalização: perspectivas a partir do Sul Global que terá lugar  dia 29/04/2013, a partir das 17h00 no Campus do Palamarejo da UniCV – sala 115.

A conferência será proferida pelo Arquitecto Urbanista Vicente J. Díaz García, Professor da ULPGC – Gran Canaria, subordinada ao título Aplicación de los Indicadores Urbanos Activos en el centro histórico de la isla de Maio.

>> RESUMO DA CONFERÊNCIA

O autor apresentará uma experiência de projecto, realizado na Ilha do Maio, designado IURA-MAIO. O projecto propõe a aplicação de mecanismos participativos no campo do urbanismo, através dos chamados Indicadores Urbanos Ativos (IURA).Procura-se uma interacção harmoniosa e perfeita entre as políticas públicas, a informação técnica e a participação dos cidadãos. Os IURA funcionariam como catalisadores de participação, permitindo que os processos sejam conhecidos simultaneamente por todas as partes interessadas. Usando a parcela cadastral como unidade básica, que unificou três grupos de indicadores – Urbanístico, socioeconómico e ambiental – criando o Índice de Desenvolvimento Urbano (IDU), ou seja, uma interpretação local do que representa o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) a nível global, contribuindo para o avanço de uma democracia mais participativa.  O objectivo dos Indicadores Urbanos Activos (IURA-MAIO) foi o desenvolvimento de ferramentas capazes de lidar com a realidade urbana, socioeconómica e ambiental na ilha do Maio (especificamente no centro histórico de Porto Inglês) e transferir a população, toda a informação e conhecimento que tanto a Administração Pública (Câmara Municipal do Maio), como os técnicos, têm da sua realidade, por meio de indicadores urbanos, concretamente o Índice de Desenvolvimento Urbano, compreensível para todos os interessados. Para o autor, a contribuição da proposta de IURA tem sido a abordagem da realidade do planeamento urbano, económico e ambiental de um determinado bairro e conjugação de todos os indicadores obtidos em um único índice que seria mais compreensível para a comunidade.

>> Vicente Javier Díaz García é Doutor Arquitecto e Urbanista pela Universidade de Las Palmas de Gran Canaria. Especializado en Participação Cidadã e Cooperação para o desenvolvimento. Lecciona nas Escolas de Arquitectura de Sevilla, Alcalá de Henares, Politécnica de Madrid e Las Palmas de Gran Canaria. Actualmente é investigador do grupo ARQPA da Escola de Arquitectura de Las Palmas de Gran Canaria e colabora no projecto PATRIVAL, dedicado a potenciar o Património Cultural Canário. Tambén é membro do Colectivo Arquypiélago, coordinador de la revista Márgenes de Arquitectura Social e Presidente de la Cooperativa de Turismo Rural Grantural.

 >>Moderadora: Professora Doutora Judite Medina do Nascimento (CIDLOT/Uni-CV);

DOWNLOAD DA APRESENTAÇÃO EM PDF

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: