>> 2 0 1 3  Cidades e Globalização [3ª edição]

Michelle Sales  – Escola de Belas Artes da UFRJ/Brasil

Bacharel e Mestre em Comunicação Social com ênfase na área de cinema e vídeo. Doutora em Estudos de Literatura pela PUC – Rio. Pesquisadora visitante da Universidade de Coimbra ao longo de 2008, no âmbito do Estágio de Doutoramento CAPES/PDEE. Pesquisadora colaboradora do grupo Correntes artístico e movimentos intelectuais do Centro de Estudos Interdisciplinares do século XX, da Universidade de Coimbra. Professora Adjunta da Escola de Belas Artes da UFRJ. Programadora do Bacalhau Cinema Clube do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, MAM. Atua nas áreas: teoria da imagem, teoria do cinema e teoria da comunicação.

Ezequiel Correia – IGOT-UL/Portugal

“Geógrafo, mestre em Geografia Física e Regional pela Universidade de Lisboa. Foi investigador no Instituto de Investigação Científica Tropical, período durante o qual se dedicou ao estudo das condições climáticas em Cabo Verde, com diversas publicações, sobretudo dedicadas à precipitação e à sua variabilidade interanual. A sua actividade recente como investigador centra-se na aplicação da climatologia ao ordenamento e à avaliação de riscos associados a condições atmosféricas adversas. É investigador do Núcleo CliMA – Clima e Mudanças Ambientais, do Centro de Estudos Geográficos, e docente convidado no IGOT-UL.”

Fernando Faria Paulino – ISMAI/Portugal

Doutorado em Antropologia (especialidade em Antropologia Visual) é professor no ISMAI – Instituto Superior da Maia, Departamento de Ciências da Comunicação e Tecnologias da Informação (nas áreas de: semiótica visual, vídeo-documentário, hipermédia e fotografia), coordenador da Licenciatura em Tecnologias de Comunicação Multimédia e investigador integrado do CELCC – Centro de Estudos de Língua, Comunicação e Cultura. Áreas de investigação: antropologia, antropologia visual e antropologia da comunicação visual; metodologia, tecnologia e epistemologia das imagens e da cultura visual e sonora; semiótica visual e cultura visual; média digitais, multimédia / hipermédia, filme documentário e fotografia documental; antropologia, património cultural, cultura e desenvolvimento e turismo. Autor de diversos artigos científicos e realizador de documentários e produtos hipermédia de âmbito antropológico.

José Maria Semedo – Uni-CV/Cabo Verde

Licenciado em Geografia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (1982), Mestre em Gestão e Auditoria Ambiental pela Universidade de Las Palmas de Gran Canária no âmbito da FUNIBER (2002). Especialização do Mestrado em Estudos Africanos pela Universidade do Porto (2006), Doutorando em Geografia Física na Universidade de Lisboa.
Professor Auxiliar do Departamento de Ciências e Tecnologia da Universidade de Cabo Verde. Com mais de 20 anos de experiência no Ensino Superior, José Maria Semedo é o professor com mais experiência no ensino superior no domínio da geografia e um dos especialistas mais mediáticos em Cabo Verde. Publicou vários artigos científicos e participou em diversos livros e publicações tendo coordenado diversos projetos e publicações na área de educação ambiental. Foi conselheiro do Estado na década de 90, chefe do Departamento de Geociencia na Escola de Formação de Professores do Ensino Secundário (EFPES). É Membro fundador e Presidente da Associação de Geógrafos de Cabo Verde.

Carlos Bellino Sacadura – Uni-CV/Cabo Verde

Docente nos Cursos de Graduação e Pós-Graduação do Departamento de Ciências Sociais e Humanas da Universidade de Cabo Verde. Licenciado em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade clássica de Lisboa. Mestre em Filosofia Contemporânea pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Doutorado em Filosofia (área de Filosofia das Ciências) pela Faculdade de Filosofia de Braga / Universidade Católica Portuguesa Membro fundador da Sociedade de Filosofia da Educação de Povos e Comunidades de Língua Portuguesa (SOFELP). Investigador do Gabinete de Filosofia da Educação (GFE) da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Investigador do Centro de Filosofia das Ciências / Unidade Autónoma da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (CFCUL).

Vicente J. Díaz García – ULPGC/ Gran Canária

Doutor Arquitecto e Urbanista pela Universidade de Las Palmas de Gran Canaria. Especializado en Participação Cidadã e Cooperação para o desenvolvimento. Lecciona nas Escolas de Arquitectura de Sevilla, Alcalá de Henares, Politécnica de Madrid e Las Palmas de Gran Canaria. Actualmente é investigador do grupo ARQPA da Escola de Arquitectura de Las Palmas de Gran Canaria e colabora no projecto PATRIVAL, dedicado a potenciar o Património Cultural Canário. Tambén é membro do Colectivo Arquypiélago, coordinador de la revista Márgenes de Arquitectura Social e Presidente de la Cooperativa de Turismo Rural Grantural.

Teresa Barata Salgueiro – IGOT/Universidade de Lisboa

Geógrafa, Professora Catedrática do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa (IGOT-UL) e investigadora do Centro de Estudos Geográficos. Tem-se dedicado à investigação urbana, com destaque para os assuntos respeitantes à produção do espaço urbano e recomposição urbana, habitação, exclusão social e comércio. Tem cerca de oitenta títulos publicados. Assegurou o ensino de diversas matérias na graduação e pós-graduação com destaque para as de Geografia Urbana, Problemas Urbanos, Seminário de Investigação em Geografia, Sistemas urbanos, Recomposição das áreas urbanas. Tem colaborado em cursos de pós-graduação de outras universidades portuguesas e estrangeiras.
Participou em diversos colóquios e seminários de carácter científico, relacionados com a Geografia, o Urbanismo, as Atividades Comerciais, a Preservação do Património e a Recuperação de áreas degradadas.

Ana Maria Correia Ferreira – Universidade Nova de Lisboa

Geógrafa, com um Doutoramento em Geografia e Planeamento Territorial, Especialidade de Território e Desenvolvimento, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Realizou a sua tese de Doutoramento sob o tema “A sustentabilidade territorial de um Cluster do mar em Portugal”. Tem publicado vários artigos científicos sobre questões ligadas às actividades marítimas e ao cluster do mar. Tem participado em vários seminários, fóruns e congressos com apresentação de comunicações. Na Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, é membro integrado do e-GEO, Centro de Estudos de Geografia e Planeamento Regional, colaborando no Mestrado de Gestão do Território.

Antonie Bailly -Universidade de Génova/ Suiça

Geógrafo, especialista em ciência regional, em médicométrie e em desenvolvimento regional. Doutor Honoris Causa da Universidade de Quebec, da Academia Húngara de Ciências e da Universidade de Lisboa. Antoine Bailly recebeu a Founder’s Medal, a maior distinção em Ciência Regional, em 2008. Em 2011 ele tornou-se o vencedor da Lud Vautrin Internacional prix, o “Nobel” da geografia.
Professor Emérito da Universidade de Genebra, Doutor em Geografia, Antoine Bailly estudou e ensinou na América do Norte, França e Suíça. Ele tem sido professor visitante em 40 universidades estrangeiras, nos cinco continentes. Antoine Bailly é o autor de mais 30 livros de ciência regional, geografia humana e políticas de saúde. De 1993 a 1999, ele presidiu o Comitê Científico do Festival Internacional de Geografia da Saint-Die (Vosges). Ele preside o Fórum da Saúde na Suíça para o programa do Desenvolvimento Regional do INRA em França.

Jorge Gaspar – Universidade de Lisboa/Portugal

Lisboa 1942. Agregação (1973) e Doutoramento (1972) em Geografia Humana pela Universidade de Lisboa, Pós-graduação em Análise Regional e Urbana pela Universidade de Lund – Suécia (1966/68), Doutor Honoris Causa pelas Universidades de Évora (2010), Genève (2001) e Léon (1995). Professor Emérito da Universidade de Lisboa, 2012; Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, 2010; Prémio Universidade de Lisboa, 2010; Prémio Internacional Geocrítica, 2007.
Professor Catedrático da Universidade de Lisboa (1979-2005); Professor Catedrático Convidado do Instituto Superior Técnico (1994-2002); Professor Convidado das Universidades de Umeå (Suécia, 1988) e de Paris X (França, 1998; 2003).
Tem publicados duas dezenas livros e mais de duas centenas de artigos e capitulos de livros.. Membro do Conselho Editorial de várias revistas internacionais.
Foi Consultor da OCDE e da Comissão Europeia. É membro da Academia Europaea e Académico Efetivo da Academia das Ciências de Lisboa. Director do Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa (1995-2002). Fundador e sócio do Centro de Estudos e Desenvolvimento Regional e Urbano, Lda – CEDRU (desde 1986). Vice-Reitor da Universidade de Lisboa (1989-1990).
Trabalha em Planeamento Regional e Urbano desde 1968: Projectos em Portugal, União Europeia,Macau, Angola e Argélia.

Eduardo Cáceres – Universidade de Las Palmas de Gran Canária/ Espanha

Arquiteto e Urbanista, Doutor pela Universidad Politécnica de Barcelona. A partir dos anos 70, dedica-se prioritariamente ao ensino na Escola Técnica Superior de Arquitetura de Las Palmas. Atualmente é Catedrático na área de conhecimento de Urbanismo e ordenamento do Território, na qualidade de Professor Emérito da Universidade de Las Palmas de Gran Canária. Em 2008, integra o TIDES (Instituto Universitário de Turismo y Desarrollo Económico Sostenible) na secção de Estratégia Territorial do turismo, onde cria um grupo de investigação denominado “Ordenacion del Territorio y Turismo Sostenible” e na Cátedra Unesco de Planificación Turística y Desarrollo Sostenible da ULPGC, onde iniciou trabalhos de cooperação interuniversitária (Projeto SEMACA) com os países do noroeste africano (Senegal, Cabo Verde e Mauritânia) sobre o turismo sustentável. Lecionou em diversas instituições do ensino superior em vários países como Italia (Universidad degli Studi Federico II di Nápoles e Politecnico de Torino) na Polonia (Facultad de Arquitectura de Cracovia), na Ecuador (Pontificia Universidad Católica, sede de Ibarra) (Centro Universitário Positivo) em Curitiba e no Brasil (UNICENP). Foi igualmente “visiting profesor” no Collegue of Environmental Design, da California State Polytechnic University. Pomona (USA) e na Bartlett School of Architecture and Planning, University College London (UK). Entre outros méritos figura o de ser Membro do Council of Representatives (por Espanha) na Association of European Schools of Planning (AESOP) e igualmente no Comité Científico del Observatorio de Desarrollo Sostenible afecto à Presidência do Governo de Canárias Exerce pontualmente atividades como profissional em temas de planeamento urbano e territorial.

Sílvia Sobral- Universidade de Las Palmas de Gran Canária / Espanha

Doutora em Geografia e Professora titular do curso de Geografia e Planeamento Regional da Universidade de Las Palmas de Gran Canaria. Sua pesquisa se concentra em três áreas: a) Espaços Insulares: Processos de transformação território, planejamento territorial, áreas turísticas. Esta linha já dirigiu vários projetos de pesquisa com foco no diagnóstico de Diagnostico del planeamiento Insular de la isla de Gran Canaria y la Valoración de la isla de Lanzarote como “Reserva de la Biosfera. b) Áreas urbanas: Análises morfológica espacial urbanos e suburbanos; Planeamento urbano. Em relação a este assunto tem participado nos Planes Especiales de Reforma Interior del centro histórico de Vegueta-Triana y del barrio de Perojo en Las Palmas de Gran Canaria. c) Aplicação de S.I.G. e ferramentas informáticas de análises espaciais e urbanas. Como o desenvolvimento deste aspecto tem publicado vários artigos e participado em congressos nacionais e internacionais.

Corsino Tolentino – Academia das Ciências e Humanidade de Cabo Verde (ACSHCV) – Mindelo/Cabo Verde.

Diplomata. Foi Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros do primeiro governo de Cabo Verde independente (1975-1977), Ministro da Educação (1984-1991), consultor da UNESCO e do Banco Mundial (1993-) e diretor da fundação Calouste Gulbenkian (2000-2006). É Doutor pela Universidade de Lisboa, Mestre pela Universidade de Minnesota, Pós-graduado pela Harvard e Licenciado pela Universidade Técnica de Lisboa. Foi co-fundador da AULP (Associação das Universidades de Língua Portuguesa) na cidade da Praia em 1986, do IAO (Instituto de África Ocidental), em 2010, e da Academia das Ciências e Humanidades de Cabo Verde, em 2012. É sócio correspondente da Academia das Ciências de Lisboa. Combatente da Liberdade da Pátria, é titular da Ordem Amílcar Cabral, por destacada participação na luta pela afirmação da dignidade do povo cabo-verdiano e da Ordem do Infante D. Henrique, pelo especial contributo à amizade entre os Povos de Língua Portuguesa. Publicou os livros Universidade e Transformação Social nos Pequenos Estados em Desenvolvimento (Gulbenkian, 2007) e O Impacto das Remessas dos Imigrantes em Portugal no Desenvolvimento de Cabo Verde, este com Carlos Rocha e Nancy Tolentino (ACIDI, 2008). Escreve ensaios e assina a crónica Águas Correntes na revista internacional África 21. Administrador não executivo da Fundação Amílcar Cabral, lê, fala e escreve português, espanhol, francês, inglês e russo.

Lúcio Cunha – (CEGOT) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra/ Portugal

Geógrafo e doutor em Geografia Física. Professor no Departamento de Geografia e investigador no Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território (CEGOT) da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, ao longo de mais de 35 anos de carreira universitária tem desenvolvido trabalhos na área da Geomorfologia (Geomorfologia Cársica, Geomorfologia Fluvial e Património Geomorfológico), da Geografia Física Aplicada aos Estudos Ambientais (Recursos Naturais, Ambiente e Turismo, Riscos Naturais) e de Sistemas de Informação Geográfica aplicados ao Ordenamento do Território.
Participou em vários projetos de investigação nacionais e internacionais. Publicou mais de centena e meia de trabalhos sobre os temas a que se tem dedicado e proferiu conferências em várias instituições de ensino superior no nosso país, mas também em Espanha, Itália, Brasil, Uruguai e Cabo Verde.
Foi Presidente do Conselho Diretivo, Vice-Presidente do Conselho Científico e Diretor do Departamento de Geografia da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Neste momento é Presidente da Associação Portuguesa de Geomorfólogos e da Comissão Nacional de Geografia. É, também, coordenador da linha 1 (Natureza e Dinâmicas Ambientais) do Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território (CEGOT) e membro da Comissão Científica do Centro de Estudos Ibéricos (CEI).

Rui Jacinto – Departamento de Geografia da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra/Portugal .

Geógrafo. Assistente Convidado do Departamento de Geografia da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Técnico Assessor Principal da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, onde exerceu vários cargos de Chefia e Direção (1983 e 2003), Gestor (1990-2006) e Secretário Técnico (2007-2013) do Programa Operacional Regional do Centro. Membro da Comissão Executiva do Centro de Estudos Ibéricos [CEI], desde 2001, em representação da Universidade de Coimbra. Investigador no Centro de Estudos de Geografia e Ordenamento do Território (CEGOT), tendo artigos e publicações nas seguintes áreas: dinâmicas demográficas, emigração, retorno; dinâmicas e processos de reestruturação territorial: cidades, o sistema de povoamento e a organização do espaço; espaços rurais; desenvolvimento regional e local: políticas públicas e dinâmicas territoriais; autarquias e desenvolvimento local; cooperação territorial; cultura, geografia literária e identidade territorial.

JORGE DIAS

Docente e Investigador da Universidade de Cabo Verde. É Licenciado em Consulta Psicológica e Aconselhamento Psicossocial; Licenciado em Psicologia, com pós graduação em Organização e Gestão em Educação/Formação e Mestre em Psicologia da Justiça pelo Instituto Superior da Maia (ISMAI). O Professor Jorge Dias é especializado no estudo da criminologia comparada, a metodologia de auto-relato, delinquência juvenis. Sua pesquisa atual concentra-se em estudos transnacionais de delinquência juvenil e análise comparativa de homicídio. É membro do grupo de Estudo Internacional Self-Report da Delinquência (ISRD-3), um estudo colaborativo internacional com participantes de 31 países europeus e da América do Norte. Encontra-se atualmente a desenvolver a sua dissertação de Doutoramento em Psicologia Aplicada: especialidade justiça, na Escola de Psicologia da Universidade do Minho em Portugal, no domínio de Percurso de Transgressão e Delinquência Juvenil em Cabo Verde.

Judite Nascimento-Uni-CV | Cabo Verde

Geógrafa, especializada em Ordenamento dos espaços urbanos, doutorada pela Université de Rouen (France) em “Géographie, Aménagement de l’espace, urbanisme” – “Geografia, ordenamento do território, urbanismo” e mestre em “Geografia Humana – Planeamento Regional e Local ” pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.(Portugal). É licenciada em “Geografia – conservação do meio e uso racional dos recursos” pela Universidade Estatal de Kharkov (Ucrânia). Docente do quadro definitivo da Universidade de Cabo Verde (desde 2006); Vogal do Conselho Directivo do Departamento de Ciência e Tecnologia (2008 – 2009); Vogal do Conselho Nacional da Directiva do Ordenamento do Território. Vogal do Conselho Nacional de Estatística. Actualmente é directora do Centro de Investigação em Desenvolvimento Local e Ordenamento de Território da Universidade de Cabo Verde.

Salif SilvaUni-cv Cabo Verde

Coodenador de Investigação do CIDLOT, especializado em Design e Comunicação Multimédia. É Mestre em Design e Produção Gráfica/Intermedia, pela Universidade de Barcelona (2006). Mestre em Ciências e Tecnologias da Comunicação pela Universidade Fernando Pessoa/Porto (2010). Pós-graduado em Web Design pela ESTAL/Lisboa (2004). Actualmente é professor auxiliar da Universidade Publica de Cabo Verde, investigador coordenador do Centro de Investigação do CIDLOT e membro do Conselho Científico. Possuí o Diploma de Estudos Avançados pela Universidad Politecnica de Valencia (Espanha) onde está a concluir o seu doutoramento.

Michel Lesourd-Université de Rouen/França

Geógrafo, professor e investigador da Universidade de Rouen e seu campo de investigação é a geografia humana.  Ele é membro do grupo de pesquisa internacional CNRS “Netsuds”, trabalha sobre a dinâmica das TIC no sul global. Suas publicações incluem “Estado e Sociedade, nas Ilhas de Cabo Verde”, Ed. Karthala, 1995; “África. Vulnerabilidade e desafios “, Ed. Tempo de 2003”; Novas Tecnologias de Informação e Comunicação e de transformação de Cabo Verde. Relatório Nacional sobre o Desenvolvimento Humano em Cabo Verde 2004 “, e inúmeros artigos em revistas científicas. Orientou muitas teses de Doutoramento e mestrado, incluindo mais de uma dezena sobre Cabo Verde. Há vários anos dirige um Laboratório de investigação sobre o Desenvolvimento das regiões áridas e semi-áridas na Univ-Rouen. As áreas de actuação da sua pesquisa têm a ver com abordagens científicas voltadas para o desenvolvimento da África, nomeadamente: estruturas agrícolas africanas no Sul rural; o desenvolvimento do Sahel ocidental e de Estados insulares; países da Globalização e pobres e poderes e desenvolvimento em países em desenvolvimento. Faz investigação sobre Cabo Verde há cerca de 30 anos, com frequentes deslocações a Cabo Verde para trabalhos de pesquisa de terreno e acções de cooperação. É parceiro da UniCV e neste momento tem em comum com o CIDLOTo projecto de investigação Dinâmicas Urbanas.

ANTÓNIO MANUEL MARTINS DE ALMEIDA

Pós-Doutorado em Economia do Turismo, pela Universidade do Algarve (2011), Doutorado no CURDS (Centre for Urban and Regional Development Studies) da University of Newcastle upon Tyne, Reino Unido, na área da Economia Regional/Desenvolvimento Regional (2008). Mestre em Economia, especialização em Economia Aplicada, (2002) e Licenciado em Economia, pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. É Professor Auxiliar no Departamento de Gestão e Economia na Universidade da Madeira, tendo sido Presidente do Departamento de Gestão e Economia e Diretor de Curso do CET em Contabilidade e Fiscalidade.

ARLINDO MENDES

Doutor em Antropologia/Etnologia, pela Universidade Pau et Pays de l’Adour (França), Professor Auxiliar na Uni-CV; Coordenador do Projecto Investigação PIC-Bélgica (Uni-CV); Coordenador do Grupo Nacional do Trabalho do Projecto de Investigação sobre “Medicina Alternativa em Cabo Verde”; financiado pela Codesria; ex-Presidente do Conselho Pedagógico da Uni-CV; ex-Coordenador dos Cursos de Pós-graduação junto do DCSH de Uni-CV. Autor das obras: “Rituels Funéraires à Santiago aux îles du Cap-Vert” e “A morte em santiago: Uma abordagem etnográfica” e de vários artigos sobre a morte. 

Amália Maria Vera-Cruz de Melo Lopes

Natural da Ilha do Sal, Cabo Verde, é Professora Auxiliar da Universidade de Cabo Verde, Doutora em Linguística (Sociolinguística) e Mestre em Linguística Aplicada ao Ensino de Línguas. É actualmente Presidente eleita do Conselho Científico para as áreas de Ciências Humanas, Sociais e Artes e de Ciências Económicas, Jurídicas e Politicas da Uni-CV, Presidente do Conselho Científico do Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP), Vice-Presidente da Comissão Nacional para as Línguas e Coordenadora Científica do Projecto de Investigação Produção de Material de Apoio ao Desenvolvimento de Competências em Português – Língua Segunda.  Exerce a docência no ensino superior desde 1986, no extinto Instituto Superior de Educação, no qual foi membro do seu Conselho Científico a partir Outubro de 1997, tendo sido ainda eleita membro do seu Conselho Directivo, como representante do corpo docente e Chefe do Departamento de Línguas Cabo-Verdiana e Portuguesa. Exerceu o cargo de Directora Geral do Ensino Superior e Ciência de 2001 a 2003.Tem apresentado comunicações em muitos congressos nacionais e internacionais e entre as suas publicações, destacam-se: O Ensino da Leitura no Ensino Secundário. In: Revista de Estudos Cabo-Verdianos n.0 3/4 – Novembro de 2006; A Aula de Português: Reflexão Crítica sobre o Ensino da Produção Escrita. Mindelo. Edições Clabedotche 2003; e Da Caligrafia à Escrita. In CELANI, M.ª. A.A. (Org.), Ensino de Segunda Língua – Redescobrindo as Origens. S. Paulo. EDUC. 1997

ILÍDIO DO AMARAL

Geógrafo e professor universitário português. Jubilado, Doutor em Geografia, pela Universidade de Lisboa, em cuja Faculdade de Letras exerceu a docência e alcançou a cátedra em 1969. Foi investigador e director-adjunto do Centro de Estudos Geográficos da mesma universidade, e ainda fundador e director do Centro de Geografia do Instituto de Investigação Científica Tropical. Foi o último Presidente do Instituto de Alta Cultura, entre 1975 e 1976. Foi Vice-Reitor e depois, Reitor da Universidade de Lisboa entre Novembro de 1977 e Março de 1979. Autor da obra “Santiago de Cabo Verde: aterra e os homens”, galardoada com o prémio Abílio Lopes de Rego da Academia de Ciências de Lisboa. Também autor de outras obras premiadas como “Luanda: estudo de geografia urbana” e outras. Segundo Ana AMARAL, (1996), foram recenseados 269 títulos principais e 144 títulos de menor importância, dos quais a maioria sobre as cidades do sul global. De 1996 para cá, o Professor Ilídio do Amaral não parou de produzir e publicar. É membro efetivo da Academia de Ciências de Lisboa e correspondente da Academia Portuguesa de História. É sócio da Sociedade de Geografia de Lisboa, da Royal african Society  e  sócio honorário da Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa de entre outras associações e instituições de ciências.

LUCÍA MARTÍNEZ QUINTANA

 é Doctora Arquiteta e Urbanista. Professora da Universidade de Las Palmas de Gran Canaria (Espanha), ligada ao Departamento de Arte Ciudad y Territorio de la Escuela Técnica Superior de Arquitectura Universidad de Las Palmas de Gran Canaria (ULPGC).

Lecciona as disciplinas de Análisis e Interpretación del Medio para la Intervención arquitectónica y urbana; Urbanística, Ordenación del Territorio y Proyecto Urbano, para a licenciatura e para o Máster en Desarrollo Integral de Destinos Turísticos e  também para o Máster Interuniversitario en Gestión del Patrimonio Artístico y Arquitectónico.

Foi professora convidada em diversas universidades internacionais, nomeadamente: L’École Nationale Superiérieure d’Architecture de Lyon (França), la Università degli Studi di Camerino (Itália), L’École Nationale Superiérieure d’Architecture  Paris-La Villette (França), a Universidade Técnica de Lisboa (Portugal), e a Università degli Studi di Salerno (Italia).

Recentemente participou no URMAP Summer School Intensive Program “Urban Mobility, Architecture and Planning”, no quadro do programa Máster Europeu organizado pela Faculdade de Arquitectura de Lisboa da Universidade de Lisboa (Portugal), Architettura ad Alghero (Italia), Universitat Autónoma de Barcelona (España), Universitat de Girona (España) e Università IUAV di Venezia (Italia).

A professora Lucía Martínez Quintana é membro fundador da Rede de Investigação sobre as Cidades Atlânticas promovida pelo CIDLOT-UniCV e tem colaborado com investigadores da Universidade de Cabo Verde em projectos ligados à rede SEMACA e à Rede UNAMUNO.

Lourenço Conceição Gomes

é Doutor em História pela Universidade Portucalense – Porto em 2008 e, actualmente, desempenha as funções de docente e Coordenador da Área/Curso de História. É Presidente da “The Antonio de Noli Academic Society” e membro fundador da Cátedra Amílcar Cabral na Uni-CV. Além de publicações em revistas de especialidade deu à estampa três obras bibliográficas: “Urbe Memória e Crítica da Arte”, das Edições Uni-CV, Nhô N’Ton Julinhe e Nhô Candinhe: duas referências do Património Cultural da Ilha de S. Nicolau” (co-autoria), editado pela Colibri Edições, de Portugal, ambas publicadas em 2011, Da Noli a CappoVerde. Genova, Editora Sabatteli, (co-autoria), em 2013.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: